Assembleia Municipal solidária com povo ucraniano

28/02/2022 18:34

Na sessão ordinária da Assembleia Municipal de Seia, do passado dia 28 de fevereiro, foi aprovado por unanimidade um Voto de Condenação da Invasão da Ucrânia e de Solidariedade com o povo ucraniano. O documento foi enviado para a embaixadora da Ucrânia e é aqui transcrito.

 

Voto de Condenação da Invasão da Ucrânia e de Solidariedade com o povo ucraniano

Na madrugada da passada quinta-feira, dia 24 de fevereiro, teve início o momento mais negro na Europa, após a 2ª Guerra Mundial. A invasão da Ucrânia constitui um atentado à soberania de um povo e de um território e a violação do Direito Internacional, das convenções da ONU e dos direitos humanos.

A paz e a segurança estão postas em causa na Europa e no Mundo.

Os conflitos e as divergências devem ser resolvidos através do diálogo e da diplomacia, as únicas formas admissíveis em pleno século XXI.

Vários chefes de estado e de governo, mas também a sociedade civil de muitos países têm vindo a condenar esta invasão e a apelar ao fim desta guerra.

Este é o momento de manifestarmos a nossa solidariedade e total apoio ao povo ucraniano, à comunidade ucraniana residente no nosso país e, em particular no nosso concelho.

Este é o momento de condenar veemente a ofensiva militar da Rússia sobre o povo ucraniano e apelar à cessação imediata desta guerra ilegítima que constitui, acima de tudo, uma ameaça autêntica à soberania da Ucrânia, à segurança europeia e mundial.

Este é o momento de apelar ao diálogo para que não se percam mais vidas e a paz seja restabelecida.

Neste sentido a Assembleia Municipal de Seia, reunida a 28 de fevereiro, em sessão ordinária, delibera:

– Guardar um minuto de silêncio em memória das vítimas deste conflito.

– Condenar veemente a invasão da Ucrânia pela Rússia.

– Expressar total solidariedade com o povo ucraniano.

– Remeter o presente voto a Sua Excelência a Senhora Embaixadora da Ucrânia em Portugal.

Seia, 28 de fevereiro de 2022″