Designação do projeto | Construção de EEAR e Emissário de Cabeça de Eiras à ETAR de Sandomil

Código do projeto | POSEUR-03-2012-FC-001045

Objetivo principal | Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética

Região de intervenção | Centro

Entidade beneficiária | Município de Seia

 

Data de aprovação | 08-06-2018

Data de início | 01-04-2019

Data de conclusão | 30-05-2020

Custo total elegível | 276.340,76€

Apoio financeiro da União Europeia | Fundo de Coesão – 234.889,64€

Apoio financeiro público nacional/regional | Autarquia Local 41.451,12€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Objetivos: Nesta localidade existe rede de drenagem mas não há ligação final para tratamento. Para ser possível o tratamento, é necessário construir uma EEAR e o respetivo emissário para ligar à ETAR de Sandomil.

Atividades: A operação consiste na construção de um emissário de águas residuais, Estação Elevatória de Águas Residuais (EEAR) e respetiva conduta elevatória para entrega dos efluentes gerados na povoação de Cabeça d’Eiras, no Emissário Corgas – Sandomil, o qual por sua vez já tem ligação à ETAR de Sandomil (ETAR da Águas do Vale do Tejo). A concretização da operação permitirá eliminar fossas sépticas individuais e iniciar a exploração da rede de drenagem de águas residuais construída em 2008.

Resultados esperados: O projeto prevê a adesão ao serviço de SAR de cerca de 70 habitações familiares clássicas (CENSOS 2011), num total de 107 indivíduos residentes e a eliminação de soluções individuais que atualmente constituem a forma de tratamento de águas residuais na povoação em apreço.