Designação do projeto | Construção da Rede de Drenagem, EEAR e ETAR de Barriosa

Código do projeto | POSEUR-03-2012-FC-001044

Objetivo principal | Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética

Região de intervenção | Centro

Entidade beneficiária | Município de Seia

 

Data de aprovação | 27-06-2018

Data de início | 09-04-2018

Data de conclusão | 30-11-2020

Custo total elegível | 438.030,90€

Apoio financeiro da União Europeia | Fundo de Coesão – 372.326,27€

Apoio financeiro público nacional/regional | Autarquia Local 65.704,63€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Objetivos: A operação tem como objetivos principais a eliminação de focos de poluição ambiental que resultam da existência de fossas sépticas individuais não monitorizadas, alargando a rede a toda a povoação e melhorando a qualidade das águas superficiais.

Atividades: Atualmente, o Município de Seia apresenta uma cobertura de drenagem de águas residuais urbanas muito alargada, mas subsistem alguns pequenos sistemas onde a rede ainda não está completa e a drenagem não está a ser encaminhada para tratamento adequado. É o caso da localidade de Barriosa, na União Freguesia de Vide e Cabeça. Devido às condições do terreno onde se desenvolve o aglomerado populacional, a maior parte dos arruamentos só permite o transito pedonal. Neste contexto, as fossas sépticas individuais que servem as habitações não podem ser monitorizadas. Numa tentativa de solucionar este problema, a comissão de moradores executou um pequeno troço de rede que descarrega na linha de água. Deste modo, é imprescindível, completar esta rede e instalar o tratamento para os efluentes recolhidos na SAR. A candidatura apresentada contempla a ampliação da rede SAR, com inclusão de uma EEAR, e tratamento final dos efluentes recolhidos em ETAR, eliminando as fossas sépticas individuais e a descarga direta na linha de água. A solução de tratamento selecionada permite o cumprimento dos parâmetros de descarga em linhas de água. E, sendo um sistema de lamas ativadas em meio suspenso, permite obter poupanças energéticas relativamente aos tratamentos de lamas ativadas em arejamento prolongado mais comuns. O projeto prevê a melhoria do serviço de SAR para cerca de 101 habitações familiares clássicas (CENSOS 2011), num total de 62 indivíduos residentes, numa localidade onde a população sazonal é significativa, podendo atingir os 100 habitantes equivalentes.

Resultados esperados: Desativar as soluções individuais de saneamento que prevalecem no aglomerado e que não são monitorizadas devido às condicionantes dos arruamentos. Com a instalação da rede os alojamentos terão encaminhamento correto das águas residuais para uma ETAR.