Alvoco da Serra

Alvoco da Serra é uma freguesia portuguesa do concelho de Seia com uma densidade populacional de 12,4 hab/km². Situada no coração do Parque Natural da Serra da Estrela, a 684 metros de altitude. É a povoação topograficamente mais próxima da Torre. Em redor, não faltam múltiplas possibilidades para ótimos passeios, à descoberta das maravilhas e segredos da serra, entre lendas e histórias antigas. Pertence à rede de Aldeias de Montanha do Concelho de Seia.

Alvoco da Serra é uma localidade de fortes tradições e origens muito antigas, conservando alguns vestígios da presença dos romanos, nomeadamente uma calçada onde foram encontradas moedas da época.

Como Concelho, Alvoco da Serra recebeu foral de D. Manuel I em 17 de Fevereiro de 1514. Tinha, em 1801 , 667 habitantes. Em 1836, o concelho foi extinto, juntamente com muitos outros, durante as reformas de António de Aguiar. Entre 1836 e 1855 pertenceu ao concelho de Loriga, após o que passou a integrar o concelho de Seia.

 

 

Junta de Freguesia de Alvoco da Serra
Rua do Correio, 8
6270-012 Alvoco da Serra
Telefone: 238 953 886
E-mail: contacto@jf-alvocodaserra.pt
Website: http://www.jf-alvocodaserra.pt/

Horário:
Segunda a Sexta-feira das 9:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30

Executivo

Presidente: Carlos Alberto Belarmino Marques 

 

Pontos de Interesse: 

Capela de Nossa Senhora da Conceição: Capela de fundação setecentista, totalmente reconstruída no séc. 20.

Capela de Nossa Senhora das Preces: Capela construída no séc. 17, reformada mais recentemente, no séc. 20.

Capela de Santo António: Capela de estilo barroco, embora a sua origem venha provavelmente de um antigo monumento medieval. De nave única e planta retangular, sobressai o teto forrado em madeira pintada de azul bem como as janelas e portais em cantaria de granito.

Capela de São Sebastião: Datada provavelmente do século XVI, é uma capela dedicada tradicionalmente à proteção contra a guerra, a peste e a fome . O templo apresenta arquitetura muito simples com um portal de granito.

Capela de São Pedro: Capela de arquitetura simples, tem provavelmente origem românica muito embora terá sido adulterada em finais do séc. XIX.  No frontão do retábulo temos a pintura da Virgem com o menino Jesus.

Casa Museu de Alvoco da Serra: A Casa Museu, uma simples e tradicional casa de granito, alberga um conjunto de objetos antigos do quotidiano ligados ao trabalho agrícola e pecuário.

Igreja Matriz: Dedicada a Nossa Senhora do Rosário, esta igreja de estilo barroco, que data de finais do século XVIII, é de planta retangular e constituída por nave única; no seu interior destaca-se a capela-mor e o teto em abóbada de madeira pintada.

Ponte romano-medieval Ponte em granito sobre a ribeira de Alvoco, de arco único de volta inteira, evoca tempos do período romano, não se sabendo ao certo a sua origem, devido a várias alterações de reforma realizadas posteriormente.

Antigas fábricas de Lanifícios: Com a oferta de água abundante, Alvoco, aproveitando a força motriz desse elemento natural, teve também a sua indústria e, em meados do século XIX, chegou a ter três unidades fabris a laborar, todas instaladas ao longo da ribeira.

Aguincho
Capela de Aguincho: Capela de fundação setecentista, totalmente reconstruída no séc. 20.

Galeria de Fotos